gravidez
Saúde / Alimentação

Alimentação na gravidez

Que saudades de postar nesse cantinho virtual preparado com muito carinho! Estou bem, a fase difícil da gestação passou e estou de volta! 😀

Ser mãe é um privilégio! Como disse no último post, estou tendo a benção de carregar o milagre da vida mais uma vez. EU AMO SER MÃE  e quem me conhece sabe disso. Sou supeeeer coruja assumida. Mas ser mãe é uma responsabilidade grande. E a responsabilidade começa desde o momento que sabemos da gravidez. Mamãe e bebê precisam de cuidados especiais. Não que gravidez seja doença, pois não é, mas é preciso ter alguns cuidados, inclusive com a alimentação.

Algumas mamães conseguem comer bem desde o início da gravidez, eu estou com três meses de gestação e nos últimos meses não comia quase nada (enjoava muito, vomitava, e minha digestão estava bem lenta), enfim, perdi peso. Mas agora que estou melhor, o apetite voltou, vou voltar a me alimentar, e bem! 😉

É importante fazer acompanhamento com um obstetra para comunicar tudo que acontece durante a gestação. Devemos evitar qualquer remédio (exceto com recomendação médica), evitar alimentos estimulantes (café, chocolate, etc), fazer exercícios apropriados para gestantes (com recomendação médica), beber bastante água e OPTAR por uma ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL!  Comer bem e saudável será um grande presente para seu bebê. 😀

Durante a gestação, a dose de ingestão diária dos nutrientes  aumenta em 10%, mas há alguns nutrientes que aumentam bem mais, como por exemplo o ácido fólico (a necessidade duplica) e o cálcio (a necessidade aumenta em 50%).  Fonte: Saúde com Sabor

Peça a Deus sabedoria para fazer uso de uma alimentação saudável, pois devemos pensar no que faz bem para nós, mas principalmente, para o bebê. Lembre-se que tem um serzinho que depende de você para se nutrir e crescer.

Sou ovolactovegetariana desde que casei, já fiquei grávida uma vez, meu filho é desde que nasceu. Não temos problemas com nutrientes pelo fato de não comermos alimentos cárneos. EVITE usá-los! Mas se você não conseguir, use de maneira cautelosa, eliminando as gorduras, frutos do mar e embutidos.

Vou agora compartilhar os alimentos que DEVEM fazer parte do cardápio de uma gestante:

FRUTAS: todas. E em especial abacate, manga, morango, maçã com casca, mamão, abacaxi, uva, frutas cítricas, pinha, banana, caqui e acerola.

FRUTAS SECAS: uva-passa, banana-passa, ameixa.

VERDURAS E LEGUMES: bem lavados e variados. Coma muita salada, principalmente espinafre, brócolis, couve-flor, beterraba, cenoura, couve, abóbora, alcachofra, escarola, vagem, alho-poró.

CASTANHAS E SEMENTES: castanha de caju, castanha do pará, amêndoa, etc. Varie bastante. Mas cuidado, não coma demais! Pois as castanhas são gordurosas e devem ser usadas com moderação.

IOGURTE E LEITE SEMI-DESNATADO OU DE SOJA

CEREAIS INTEGRAIS

LEGUMINOSAS DE TODOS OS TIPOS: feijões, lentilha, ervilha, grão de bico, etc.

 

O que EVITAR(digo mais, eliminar) comer na gestação:

ALIMENTOS CÁRNEOS

ALIMENTOS GORDUROSOS

BEBIDAS ESTIMULANTES: café, chá mate, chá preto, bebida a base de cola, guaraná em pó, chocolate

CONDIMENTOS IRRITANTES: pimentas, noz-moscada, mostarda, vinagre, catchup

DOCES

REFRIGERANTES

CEREAIS REFINADOS

FAST-FOOD

FRUTOS DO MAR

EMBUTIDOS

 Curiosidade: Você sabia que a ingestão de carnes curadas (presunto, enchidos, bacon, etc) aumenta o risco de o filho sofrer de diversos tipos de tumores do sistema nervoso, como câncer cerebral? Não! Pois é, então corte da sua alimentação!

Fonte: Reader’s Digest, Seleções. Alimentos saudáveis, alimentos prejudiciais. 

 

Não precisa ficar neurótica com a alimentação. Mas é preciso saber escolher bem o que comer, pois o alimento vai para o bebê, e dependendo da alimentação, pode-se provocar sérios problemas afetando negativamente o crescimento e a saúde dele. Enfim, alimente-se bem, por você e pelo milagrinho que carrega em seu ventre. 😀

Até o próximo post. 😉

Isleide Braga

Sou uma MULHER de 33 anos que se sente menina às vezes. ESPOSA que ama é amada. MÃE coruja de dois príncipes. TÉCNICA EM NUTRIÇÃO que nunca exerceu essa profissão. PEDAGOGA e pós graduada em psicopedagogia que gosta muito de educação infantil. ALAGOANA que não gosta do calor. CRISTÃ apaixonada por Jesus! Sou Isleide, muito prazer!

4 thoughts on “Alimentação na gravidez

  1. Jordane Garrido

    Feliz com a volta dos posts, querida! Gostei demais das informações (muito de acordo com a parte em que você fala que mesmo não comendo carne, não tem problemas com nutrientes – pois eu lactovegetariana e também não tenho problemas). Se possível, gostaria que você falasse um pouco sobre os desejos alimentares durante a gravidez.

  2. Neide

    Amei, prima! Não sabia que vc tem o curso técnico em nutrição.. Vou acrescentar algumas coisinhas citadas por vc na minha dieta! ;))

    Engraçado, falei sobre alimentação tb lá na face, para orientar Ariana! Estamos em sintonia…

    Beijão e parabéns pelo blog!

  3. Isleide Braga Autor da Publicação

    Pois é, estou de volta Jordane! 😀 Gostei da sugestão. Em breve, falarei sobre esse assunto. 😀 Ah… não esqueci da receita do bolo de chocolate. Será o próximo post viu. Promessa é dívida. 😉

  4. Isleide Braga Autor da Publicação

    Pois é prima, tenho sim, embora nunca tenha exercido a profissão, gostei bastante da teoria. Gosto muito de assuntos relacionados à alimentação saudável. :)
    Quando eu tinha acabado de postar aqui no blog, vi que você tinha escrito sobre a alimentação no face. Estávamos em sintonia mesmo. 😉
    Obrigada! E apareça sempre que quiser e puder. 😀
    Beijão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SIGA-ME @ INSTAGRAM