Categoria:Educação

O cantinho da disciplina
EducaçãoMaternidade

O Cantinho da Disciplina

Hoje vou conversar um pouco sobre o Cantinho da Disciplina. Gravei um vídeo (clique aqui) explicando como uso esse método aqui em casa para compartilhar com algumas amigas que me perguntavam o que fazia com meu filho para discipliná-lo. Sei que algumas pessoas vão concordar ou discordar de mim, cada um é livre para escolher como disciplinar seu filho(a).

Antes de irmos direto ao ponto, gostaria de te dizer que você (pai e/ou mãe) foi escolhido por Deus para ser o responsável pela criança que Ele te deu. Desejado ou não, se você teve um filho(a), tem a responsabilidade de educar e formar um cidadão de bem, com princípios e valores.

Ninguém nasce sabendo ser pai e/ou mãe. Bom seria se, ao sair da maternidade, nos entregassem um manual de como ser pais. Não aprendemos isso em livros ou manuais (eles podem até nos orientar), só saberemos de fato, o que é ser pai ou mãe, quando vivemos a experiência.

Educar um filho não é tarefa fácil. Eles nos testam toda hora. É preciso algumas técnicas, perseverança, paciência e acima de tudo, AMOR para educar e disciplinar!

Desde que era estudante de Pedagogia, amava assistir o programa da super Nanny e já dizia naquela época que usaria esse método com meus filhos. No início, usei as regras do site (clique aqui) dela, depois fiz um quadro com as regras que achava necessária para minha casa.

Sou mãe de dois meninos e desde que o mais velho tinha dois anos, comecei a usar esse método e deu super certo. E ao completar dois anos, comecei a usar com o mais novo também.

COMO USAR O CANTINHO DA DISCIPLINA?

1º- Apresente as regras para seu filho(a). Explique calmamente e detalhadamente o que PODE e o que NÃO PODE. Não esqueça de se agachar e olhar nos olhos.

2º- Quando seu filho(a) quebrar alguma regra, chame sua atenção e explique porque ele(a) não pode agir daquela maneira. Caso, seu filho não obedeça e faça novamente, leve-o(a) para o cantinho do pensamento. Pode ser uma cadeira ou um banco. Não sou a favor do tapete, mas pode usar também. 

3º- Se seu filho não obedecer a sua advertência, será levado para a disciplina. Abaixe-se e sem alterar a voz, explique qual regra desobedeceu e coloque-o(a) para “pensar” por alguns minutos. Importante destacar que cada ano de idade equivale 1 minuto. Já li artigos contra essa método alengado que a criança não tem maturidade para pensar. As crianças são muito espertas e estão em processo de amadurecimento e desenvolvimento. Já entendem muitas coisas a partir dos dois anos.

4º- Por último, incentive seu filho a pedir desculpas e mostrar qual regra desobedeceu. Se abracem, se beijem e pronto. Não precisa ficar falando, explicando e remoendo o acontecido.

Você pode usar também o método do incentivo! Toda vez que seu filho descumprir ou cumprir alguma regra, pode ser pontuado (cartela com adesivos, potinho com bolinhas…) e no fim ganhar uma recompensa (isso não significa ganhar um brinquedo, pode ser um passeio, uma comida diferente…). É importante destacar que isso não é fundamental no método da disciplina, mas opcional. Aqui em casa, por exemplo, usei por uns tempos e já não uso mais. Você também pode confiscar algo que ele gosta por 1 dia ou mais, se necessário. Mas antes passe por todo processo da disciplina descrito abaixo.

Advertência  >>>>  Mostrar regras  >>>>  Pensamento  >>> Desculpas

Sempre elogie seu filho e incentive-o(a) a cumprir as regras estabelecidas! 😀

E você pode me perguntar… Qual o objetivo desse método?

Mostrar para seu filho(a) que existem regras que precisam ser cumpridas, e que desobedecê-las não é bom. Com a disciplina, os filhos(as) vão aprender a obedecer as regras como também respeitar e obedecer aos pais.

A medida que a criança cresce, as regras são modificadas e as dificuldades aumentadas. Mas, não desista. Os primeiros a serem disciplinados somos nós. Somos exemplos e nossos filhos nos observam toda hora. Só exija do seu filho aquilo que você faz. Como você vai disciplinar seu filho por ele mentir se você mente? Como disciplinar seu filho por não comer à mesa se você come no sofá? Como disciplinar seu filho por falar alto se você vive aos berros pela casa? Repense nos seus atos! 

Não é fácil, é um processo de aprendizagem para pais e filhos. Ah… não podia esquecer, conte até 10, 100 ou 1000, quantas vezes forem necessárias. Se você estiver alterado para disciplinar, se afaste da situação por uns momentos para se recompor e depois volte para o processo de disciplina. Disciplinar com os ânimos alterados não vai resolver nada! 

E o principal, AME e cuide do seu filho! Passe tempo de qualidade com ele, brinquem juntos, e mostre-o que você só está fazendo isso para que ele seja uma pessoa de bem, feliz e responsável.

Não sou a dona da verdade, erro muito tentando acertar, e repito, cada um faz o que for melhor para educar e disciplinar seu filho(a). Aqui tem dado certo e quem convive comigo de perto, sabe que sou contra bater e que uso esse método e tem funcionado.

Até o próximo post! 😉

Abraço

Islede Braga

BB chorando
10set
EducaçãoFamília

Para dizer NÃO ao filho é preciso ter paciência e determinação

Há apenas três anos e sete meses tenho aprendido e difícil tarefa que é ser mãe! E posso dizer que, mesmo não tendo muita experiência, já sinto o peso da grande responsabilidade que tenho pelo...

SIGA-ME @ INSTAGRAM