A roséola é uma doença  inofensiva da infância.
Maternidade

Roséola: que doença é essa?

Olá pessoas!

Bom… aqui no blog tem uma categoria “diário de mãe”. Ainda não tinha começado a escrever nada sobre minha experiência como mãe, as lutas, os desafios diários e etc… as coisas engraçadas e os medos que tenho enfrentado nessa difícil, porém, muito prazerosa, missão: ser mãe!

A vida tá bem corrida pra cuidar/educar/alimentar uma criança de quatro anos e um baby de 7 meses. No final do dia estou acabadaaaa, mas, muito, muito, muito feliz!!! 😀

Deixando a conversa de lado, hoje vou compartilhar o que tenho passado nesses últimos dias com meu filhote. Você já ouviu falar numa doença chamada ROSÉOLA? Eu nunca tinha visto ou lido nada sobre isso. Sou mãe de segunda viagem e meu filho mais velho nunca teve essa doença.

No domingo, meu baby começou a ficar molinho e com um febrão!!! Ficamos super preocupados e o levamos na emergência. A médica passou remédio para controlar a temperatura e pediu que observássemos, pois ele não tinha “nada”. Na segunda-feira ele continuava com muitaaaa febre sem explicação. Levamos novamente e a Dra o examinou e não encontrou nada que justificasse a febre tão alta. Mas disse que poderia ser ROSÉOLA!!! Hein? O que é isso? Ela explicou direitinho, pediu exame de sangue e urina para descartar qualquer outra doença, mas no fim das contas… era com isso mesmo que meu pequenino estava…

Resolvi pesquisar na internet (http://brasil.babycenter.com/a2100150/ros%C3%A9ola-0-a-1-ano) o assunto, vou resumir e compartilhar com as mamães que aparecem por aqui. Fiquemos atentas!!!!

A roséola é uma doença  inofensiva da infância. Começa com uma febre bem alta, sem explicação, e atinge principalmente crianças entre 6 meses e 6 anos, predominando nas menores de 2 anos.
A roséola é causada por um vírus e é transmitida pela saliva (brinquedos que são mordidos por todas as crianças). É difícil identificar onde ocorreu o contágio, porque a roséola é transmitida quando a erupção de pele ainda não apareceu (e portanto ela ainda não foi diagnosticada), e o período de incubação vai de 5 a 15 dias.

Como foi dito, ela começa com febre alta, repentina e contínua, que fica entre 38,3 e 42,2 graus, durante três ou quatro dias, e que desaparece tão rápido como veio. Além da febre, sintomas como nariz escorrendo, tosse, uma leve diarréia, falta de apetite e de energia. Quando a febre vai embora, a pele começa a ficar manchada. A erupção costuma começar no tronco, e depois vai se espalhando na direção do pescoço e das extremidades, e desaparece em algumas horas ou em até três dias. Não  há tratamento contra a causa da doença, apenas para aliviar os sintomas. Portanto mamães, atenção é fundamental!!!

Meu bebê está na fase das manchinhas e logo logo estará bem, pois Deus e a mamãe aqui estão cuidando dele!!!!!  😀

Olha a foto da pele do meu bebezinho aí em cima… :(

 Fiquem com Deus!

Até a próxima. 😉

Isleide Braga

 

 

 

Sou uma MULHER de 33 anos que se sente menina às vezes. ESPOSA que ama é amada. MÃE coruja de dois príncipes. TÉCNICA EM NUTRIÇÃO que nunca exerceu essa profissão. PEDAGOGA e pós graduada em psicopedagogia que gosta muito de educação infantil. ALAGOANA que não gosta do calor. CRISTÃ apaixonada por Jesus! Sou Isleide, muito prazer!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SIGA-ME @ INSTAGRAM